Introdução à prática clínica II

Introdução à prática clínica II

Objetivos

Objetivos gerais:
Desenvolver no estudante uma consciência sobre as práticas de enfermagem.
Desenvolver competências no estudante para a tomada de decisão em enfermagem.
Objetivo específicos:
Conhecer os processos de pensamento inerentes à conceção de cuidados de enfermagem.
Desenvolver aptidões para a análise crítica dos seus processos de pensamento.
Desenvolver o pensamento crítico enquanto ferramenta para a avaliação da coerência e consistência das tomadas de decisão.
Desenvolver a capacidade de explanação e sistematização da conceção de cuidados face a um cenário clínico.
Aprofundar o conhecimento disciplinar face a diferentes situações clínicas.
Desenvolver a completude, integridade referencial e qualidade da linguagem usada na explanação da conceção de cuidados, face ao cenário clínico estudado.

Conteúdos programáticos


Aulas teóricas:
As aulas teóricas destinam-se à abordagem de conteúdos já conhecidos pelos alunos noutros contextos do Curso, aqui com uma abordagem direcionada à sua articulação com os objetivos da disciplina.
Aula 1:
O conhecimento necessário à interpretação dos cenários na perspetiva das áreas do conhecimento afim à Enfermagem;
O estatuto dos dados recolhidos face à identificação dos diagnósticos de enfermagem e à avaliação das terapêuticas;
Aula 2:
Tomada de decisão;
Processos de pensamento inerentes à conceção de cuidados: dos dados iniciais ao Plano de cuidados;
Aula 3:
A intenção dos cuidados: o diagnóstico de enfermagem, a clarificação sobre as prioridades para a ação, as terapêuticas de enfermagem e os indicadores de resultado;
Níveis de evidência na colheita de dados;
Sintaxe dos enunciados dos diagnósticos e intervenções de enfermagem.
Aulas teórico práticas:
As aulas teórico-práticas, numa fase mais inicial, de forma intercalar, criam momentos em que os grupos de trabalho partilham entre si os percursos desenvolvidos, as dificuldades e decisões que foram tomando.
São orientados por um professor diferente do que os acompanha nas aulas de orientação tutorial, no sentido de lhes alargar o espectro das abordagens possíveis face ao cenário.
Na fase final do semestre, as aulas teórico-práticas destinaram-se à apresentação oral, do trabalho desenvolvido ao longo do semestre.
Este espaço também contempla um momento para discussão.

Aulas de orientação tutorial:
As aulas de orientação tutorial destinaram-se ao desenvolvimento pelos estudantes e discussão com o professor dos percursos iniciados ou já em curso face a cada cenário.
Neste espaço criam-se momentos presenciais de reflexão e questionamento sobre a abordagem planeada a partir do cenário clínico fornecido aos estudantes, tendo em vista a realização de um plano de cuidados.

Coordenador da Unidade Curricular

Abel Paiva e Silva

Professora Doutora

Mais informações

Skip to content