Socioantropologia da infância e da adolescência em contexto familiar

Socioantropologia da infância e da adolescência em contexto familiar

Objetivos

  • Adquirir conhecimentos sobre a criança/adolescente e suas famílias numa perspetiva antropológica rumo à prestação de cuidados em Saúde Infantil e Pediatria; 
  • Relacionar regras culturais estabelecidas com as necessidades biológicas; 
  • Conhecer a organização social nas diferentes formas e papéis da estrutura familiar, face a uma nova noção de família, diversidade cultural e realidade social; 
  • Problematizar os contextos e práticas profissionais: na recontextualização dos saberes e papel social, face à realidade social no âmbito da saúde infantil e pediátrica; 
  • Desenvolver um espírito de abertura e capacidade crítica para interpretar a realidade cultural e social nos contextos da prestação de cuidados à criança/adolescente e famílias.
 

Conteúdos programáticos

  • Contextos familiares, contextos sociais: ruturas e continuidades; 
  • A construção sócio histórica das noções de infância; 
  • A emergência da nova categoria social: a adolescência; 
  • Pós-modernidade, infância e adolescência num paradigma social de valorização da pessoa; 
  • A Enfermagem transcultural: competências culturais; 
  • Modelos de análise e avaliação das respostas humanas, em saúde infantil e pediátrica; 
  • Políticas e profissões em saúde: protagonismos, poderes, autonomia, práticas e construção de identidades no campo da enfermagem de saúde Infantil e pediátrica.

Coordenador da Unidade Curricular

Maria Vitoria Barros de Castro Parreira

Professora Doutora

Mais informações

Skip to content