Trabalho de parto e autocuidado no pós-parto

Trabalho de parto e autocuidado no pós-parto

Objetivos

  • Desenvolver competências que promovam práticas emancipatórias para o exercício do papel parental; 
  • Adquirir competências que permitam intervir no domínio dos Cuidados de Enfermagem Especializados à mulher, recém-nascido e família em situação de parto e de puerpério.

Conteúdos programáticos

  • Evolução histórica da Obstetrícia e da Enfermagem Obstétrica; 
  • Parteiras célebres dos séculos XVII ao XIX; 
  • Manuais para parteiras;
  • Enquadramento conceptual dos cuidados de ESMO; 
  • Competências do EESMOG – Regulamento; 
  • Conceitos de Trabalho de Parto e Parto; 
  • Sinais e Sintomas de Trabalho de Parto; 
  • Diferenças entre Verdadeiro e Falso Trabalho de Parto; 
  • Fatores que influenciam o Trabalho de Parto e Parto; 
  • Alterações fisiológicas/psicológicas normais que ocorrem durante os períodos de Trabalho de Parto; 
  • Períodos de Trabalho de Parto e eventos críticos que ocorrem durante cada período; 
  • Conceitos de dor no 1º período de Trabalho de Parto; 
  • Dados relevantes para o processo de diagnóstico na admissão da parturiente no serviço de urgência obstétrica; 
  • Atividades de diagnóstico à parturiente durante os períodos de Trabalho de Parto e Parto; 
  • Atividades de vigilância à parturiente durante os períodos de Trabalho de Parto e Parto; 
  • Avaliação de problemas potenciais e intervenções de enfermagem à mulher com complicações durante o Trabalho de Parto e Parto;
  • Procedimentos durante o Trabalho de Parto e Parto: executar amniotomia, executar parto, executar dequitadura e executar episiorrafia; 
  • Adaptação Materna durante o puerpério;
  • Mudanças fisiológicas sistémicas e psicológicas que ocorrem na mulher após o parto; 
  • Esquema geral das atividades de vigilância do puerpério; 
  • Autocuidado: capacidade para manter a saúde durante o puerpério; 
  • Avaliação de problemas potenciais e intervenções de enfermagem à mulher com complicações pós-parto; 
  • Adaptação do RN à vida extrauterina; 
  • Cuidados imediatos ao RN; 
  • Atividades de vigilância ao RN; 
  • Características do desenvolvimento infantil relevantes na promoção da ligação mãe-filho e pai-filho; 
  • Intervenções promotoras da ligação mãe-filho após o nascimento.

Coordenador da Unidade Curricular

Maria Emília Bulcão Macedo Mendonça

Professora Doutora

Mais informações

Skip to content